BACALHAU COM MOLHO DE TOMATE



Neste prato utilizei batatas fritas redondas e enfeitei com azeitonas verdes



Ingredientes:
4 Ovos
Farinha
Azeite q.b.
1 cebola grande
2 Dentes de alho 
1 Lata de tomate 
Batatas fritas q.b.
Sal ou Knorr q.b.
4 postas de Bacalhau demolhado
1 Cálice pequeno de vinho Branco



Preparação:
Corte as postas de bacalhau em tiras com 5 cm de largura e passe na farinha e no ovo e frite.
Refogue a cebola e o alho em azeite, e depois acrescente a lata de tomate já picado.
Deixe refogar um pouco e deite o vinho branco.
Triture a mistura com uma varinha mágica e deixe apurar em lume muito baixo.
Numa travessa deite o bacalhau frito, as batatas já fritas e no fim deite por cima o molho de tomate.
Sirva acompanhado com uma boa salada.





Nota: no molho de tomate sempre pode dar o seu toque especial com os temperos do seu agrado, mas cuidado para não ficar muito enjoativo visto que é um prato de peixe. Há que ter, também, atenção ao sal que deita no molho pois o bacalhau pode estar ou não salgado, portanto o meu conselho é que prove o bacalhau primeiro, e só depois tempere o molho de tomate.

ARROZ DE POLVO

Ingredientes
Azeite q.b.
1 Polvo grande
2 Dentes de alho 
Coentros picados
1 Cebola grande picada
1 Caldo Knorr ou Sal q.b.
1 Cálice de vinho branco
2 Colheres de chá de colorau
2 Chávenas de arroz (Carolino ou agulha, conforme preferir)


Preparação

Numa panela deite o azeite, a cebola picada e o alho também picado e deixe refogar durante 5 minutos em lume brando.  A seguir deite o colorau e o caldo knorr  e/ou o sal a seu gosto  e no final o vinho branco.
Corte os tentáculos de polvo às rodelas grossas e o restante corte em pedaços médios e junte tudo na panela mexa até envolver toda a mistura e tape a panela deixando cozinhar lentamente em lume brando.
Depois de o polvo estar bem estufado e tenrinho deite um pouco mais de água quente e acrescente o arroz. Convém deitar um pouco mais de água para que o arroz não fique seco.
Assim que estiver pronto deite os coentros picados em cima do arroz, sem misturar, e sirva de imediato.

Nota: Muitas pessoas afirmam que o polvo deve ser primeiro cozido, numa panela de pressão, e depois sim, acrescentado ao refogado juntamente com a água da cozedura.
Faço muitas vezes este prato e nunca o cozi primeiro, até porque se perde muito tempo. O segredo está em bater bem o polvo com um martelo de cozinha sem bicos ou até mesmo com o rolo da massa cada tentáculo do polvo, pelo menos duas vezes.
Acredite. Fica bem mais saboroso feito desta forma.

ARROZ PILAF

Ingredientes

2 Cravinhos
1 Pau de canela
150g de Passas
1 Cebola picada
1 Caldo de Galinha ou q.b
1 Colher de sopa de Açafrão
2 Chávenas de arroz Basmati
2 Colheres de sopa de Margarina
1 Colher de chá de Noz Moscada

Preparação

Numa tigela junte o açafrão, a noz moscada, os cravinhos e acrescente um pouco de água para misturar estes ingredientes. Depois junte as passas e o pau de canela e reserve.
Numa panela deixe derreter a margarina e acrescente a cebola picada mexendo até esta ficar translúcida.
Acrescente o arroz e deixe fritar um pouco.
Junte depois a mistura de ingredientes que tinha de reserva  e o caldo de galinha. De seguida deite 4 chávenas de água quente.
Deite toda esta mistura num pirex e tape com papel de alumínio e leve ao forno a 180º até este ficar cozido e solto.

Nota: Sirva a acompanhar com uma mistura de carnes grelhadas. É um arroz bastante aromático e até requintado que também vos abrirá todos os sentidos. Acredito que sentirão um ambiente bem diferente do habitual e caso tenha convidados acredite que será congratulado por esta ideia diferente e ao mesmo tempo tão saborosa.