CARIL DE CARANGUEJO

Ingredientes:

2 dentes de alho
2 tomates médios picados
2 cebolas grandes picadas
7 caranguejos fêmeas vivos
2 colheres de sopa de pó de caril (médio),
1 barra de côco ou uma lata de leite de côco



Preparação:

Limpe o caranguejo e separe as cabeças, as patas deitando fora a carapaça. Reserve.
Faça um refogado com a cebola e o alho e depois da cebola estar transparente junte o tomate e o caril. Mexa um pouco e deite meio copo de côco em líquido ou em barra e mexa. Junte o caranguejo já limpo e deixe cozer em lume muito baixinho. Sirva quente acompanhado com arroz basmati branco.

Nota: Pode encontrar vários tipo de de caril no supermercado,. No entanto aconselho que vá, se viver numa grande cidade, a um super mercado que venda produtos indianos, aí recomendo vivamente a marca Patak's.  Pode encontrar uma variedade de pós de caril e até de diversas cores que vão do mais amarelo, ao amarelo torrado e vermelho. Deve, também reparar se o caril é Extra Hot (muito picante), Mild (médio) ou simplesmente Hot que é o com menos picante.

CAMARÃO À MINHA MODA

Ingredientes:

sal q.b.
Azeite q.b.
2 kg camarão
6 dentes de alho
2 limões grandes
1 piripiri (opcional)

Preparação:
Limpe o camarão, tirando as barbas e a tripa e reserve numa tigela grande. Num almofariz, esmague os alhos com o sal e o piripiri. Esprema os limões e deite o sumo no almofariz, de seguida deite esta mistura nos camarões misturando tudo muito bem. Leve ao frigorífico durante pelo menos duas horas para apanhar bem o tempero. Frite-os em azeite e em lume muito brando para que não sequem. Sirva bem quente acompanhando com um bom vinho verde.

Como flamejar

Flamejar:  trata-se de uma técnica culinária que consiste em colocar uma bebida alcoólica numa concha de metal de cabo largo, aquecê-la directamente no fogo e despejá-la em chamas sobre os ingredientes do prato ou preparação culinária. Quando a bebida queima por completo, o álcool evapora, mas permanece o aroma e o sabor. Além de dar um gosto especial à comida, ao dominar a técnica será capaz de criar pratos bonitos com um efeito visual que provocará surpresa em qualquer convidado, especialmente em ambientes mais íntimos.


Flamejar é muito fácil, não é necessário nenhuma habilidade profissional. Para flamejar vai precisar de:

  • Um fogareiro
  • Uma frigideira de cobre ou alumínio, de cabo comprido
  • Uma colher de aço
  • Uma bebida de alto teor alcoólico

Para flamejar na mesa, a frigideira deve ser trazida com o alimento já pronto e bem quente. A quantidade da bebida, indicada na respectiva receita, deverá ser colocada com uma colher e aos poucos na frigideira. Para acender a bebida, mantenha a frigideira levemente inclinada de modo que a chama possa subir.
Quando se flameja na cozinha, deixe a frigideira no fogo, ponha a bebida, e com a frigideira um pouco inclinada sobre a chama, para que essa suba.
Para flamejar num fogão eléctrico, mantenha a frigideira com a comida bem quente no fogo e coloque a bebida numa concha, aqueça-a na chama de uma vela, e também mantenha-a inclinada para que a chama suba. Derrame a bebida ardente sobre o prato e sirva a seguir.
Se você for usar palitos de fósforos longos, poderá acender o fogo directamente na frigideira, basta derramar o líquido e acender, mas, de modo algum use palitos de fósforos curtos, pois poderá sofrer queimaduras.
Nunca acrescente mais bebida enquanto a chama estiver a arder, nem deixe a garrafa aberta perto da chama, pois isso poderá provocar uma explosão.
Ao flamejar deixe que a chama se apague lentamente e por si só. Pois a bebida deve queimar por completo, deixando somente o aroma especial que contribui para um prato com sabor mais refinado. Sirva imediatamente a seguir a flamejar.
Como uma bela surpresa que causa admiração nos seus convivas, pode flamejar o prato na cozinha e levá-lo a mesa em chamas, em um ambiente com pouca luz.
Para flamejar deve usar rum, gim, whisky, conhaque ou aguardente de frutas. Para pratos doces recomenda-se licores de baixo teor alcoólico, que devem ser aquecidos antes de serem acesos.